Como o bem-estar se tornou parte da boa gestão

By in , ,
Como o bem-estar se tornou parte da boa gestão

Fonte: valor econômico – Por Adriana Fonseca

SÃO PAULO Investir na saúde física e mental dos funcionários está em alta – literalmente. As empresas estão gastando mais com programas ligados à saúde e bem-estar. Em 2015, o investimento anual por colaborador ficou em R$ 224,15 e, em 2018, o valor subiu para R$ 271,21, um aumento de 21%. Os dados são da 28ª Pesquisa de Benefícios, realizada pela consultoria Mercer Marsh Benefícios (MMB), que ouviu 690 empresas, totalizando 1,7 milhão de funcionários. Ainda de acordo com o levantamento, 38% das companhias planejam aumentar os recursos em programas de saúde. “As empresas investem na qualidade de vida dos funcionários, esperando, lá na frente, que apresentem menos doenças e com isso haja redução nos gastos com planos médicos”, afirma Antonietta Medeiros, superintendente de gestão de saúde e qualidade de vida da Mercer. Marcelo Borges, diretor executivo da consultoria acredita que a queda nas despesas pode ser expressiva para algumas empresas…

link materia:
https://www.valor.com.br/carreira/6020295/como-o-bem-estar-se-tornou-parte-da-boa-gestao