Acesse o programa completo com os palestrantes

2º Congresso de Saúde e Segurança no Trabalho
Uma gestão humana integrada e estratégica da saúde e da segurança nas empresas
27 e 28 de agosto de 2018 – Blue Tree Premium Faria Lima

 

27 de agosto de 2018

8h15 Recepção

8h45 Abertura pelo presidente do evento

I – Integração da Gestão Humana: Saúde + Segurança + Benefícios + RH e Jurídico

9h PAINEL DE ABERTURA – Apuração do olhar para a empresa: a importância de uma visão estratégica do negócio e de uma atuação integrada das áreas ligadas à saúde e segurança do trabalhador.

 

Saúde e Produtividade: A produtividade de uma organização está fortemente relacionada à saúde de seus empregados

Apesar de sabermos que a qualidade profissional é essencial e que a correta abordagem à saúde contribui substancialmente para o sucesso do negócio, o que tem ocorrido frequentemente nas empresas é uma deterioração da capacidade funcional

  • O cenário da Saúde hoje, a formação, o que se espera do médico do trabalho, do gestor de pessoas e do gestor de saúde e segurança
  • Investimento inadequado na atenção primária, redução de risco e educação do usuário na gestão pessoal de saúde
  • Gestão sistêmica e estratégica aliando as pessoas, sua preservação e proteção com o Resultado do negócio

O trabalhador como o ponto de partida para todas as diretrizes e ações do SESMT e do RH e a necessidade de combater o isolamento dos profissionais que atuam nessa área

  • Integração em SST baseada na integração dos através de uma equipe multidisciplinar para trabalharem juntas gerindo riscos, programas e resolvendo problemas
  • O entendimento do negócio e do impacto do seu capital humano no resultado da empresa
  • Gestão sistêmica e estratégica aliando as pessoas, sua preservação e proteção com o Resultado do negócio

10h40 Coffee Break

11h10 PAINEL: Saúde Corporativa Integrada: perspectivas para uma unidade de negócios a partir da integração das dimensões assistencial e ocupacional

Neste painel, conheceremos através de casos práticos, alternativas possíveis de redução de despesas com planos de saúde envolvendo SST.

  • Saúde ocupacional e saúde assistencial – modelo integrado e seu impacto em redução de custos
  • Constelação de indicadores e conexão com os planos de saúde
  • Apoio tecnológico para integração das áreas

12h45 Almoço

14h Valor preditivo de saúde e curva do adoecimento definindo uma gestão que antecipa soluções de problemas em SST

O impacto do modelo de gestão de suas lideranças na saúde e segurança de seus colaboradores é muito mais direto do que as demais políticas de gestão humana e programas de saúde e qualidade de vida desenvolvidos pela sua empresa. 

  • Estruturação de um programa de saúde populacional preditivo com foco nos problemas reais de adoecimento da nossa população
  • Como podemos viabilizar um atalho para trabalhar com valor preditivo em saúde nas empresas

II – Esocial e legislação trabalhista e previdenciária

14h50 O entendimento do esocial como instrumento de apoio na Gestão de Saúde & Segurança nas empresas

  • Objetivos do esocial de acordo com seus criadores
  • Esocial como diagnóstico de saúde de uma Organização
  • O que as empresas devem fazer e os prazos

15h40 Coffee Break

16h10 Desafios para a Segurança e Saúde no Trabalho frente à Reforma Trabalhista

  • As novas formas de contrato à luz da Reforma Trabalhista
  • A insegurança jurídica na aplicação dos novos dispositivos legais
  • Perspectivas para SST frente às novas regras

17h Como montar um dashboard/ BI de saúde e segurança e fazê-lo conversar com o esocial

Se a integração de SST com benefícios e RH é um caminho sem volta, o gerenciamento da informação se torna uma condição básica para esta gestão. 

  • Como construir um BI para a sua gestão integrada de pessoas, saúde e segurança
  • Como otimizar os trabalhos de alimentação da informação, fazendo o seu dashboard conversar com o esocial

17h50 Fechamento pelo presidente do evento

18h Encerramento do primeiro dia de Congresso

28 de agosto de 2018

8h30 Recepção

9h Abertura pelo presidente do evento

III – Gestão dos afastados e absenteísmo

9h10 A importância e o impacto em custos de uma boa gestão dos afastados além do reforço da imagem da empresa como parceira de fato de seus colaboradores

  • Amparando e cuidando do colaborador garantindo conhecimento e controle da empresa sobre sua população
  • Atualizações do FAP e a integração com o esocial
  • Reabilitação interna – investimento que gera uma relação ganha x ganha e impacta em redução de absenteísmo e presenteísmo

10h Coffee Break

10h45 PAINEL: Programas bem sucedidos de combate ao absenteísmo nas empresas
Neste painel, conheceremos através de casos práticos, programas bem sucedidos de combate ao absenteísmo

Case 1 – Absenteísmo-doença por transtornos mentais e comportamentais no serviço público e privado, aproximando realidades

  • Perfil epidemiológico de adoecimento no serviço público (catarinense) e privado (dados INSS) e panorama mundial deste tipo de adoecimento;
  • Prejuízos organizacionais associados ao adoecimento por transtorno mental e comportamental;
  • Possibilidades de intervenção

Case 2 – Estratégias de controle de absenteísmo em Indústria fabricante de Eletrodomésticos de Curitiba-PR

  • Programa de Gestão de Queixas Osteomusculares: a importância da multidisciplinaridade
  • Programa Saúde Plena: saúde mental com abordagens assertivas
  • Ambulatório Assistencial integrado ao Ambulatório Ocupacional: impactos positivos no combate ao absenteísmo, na gestão das informações e na sinistralidade

Case 3 – Gestão da Prevenção de Incapacidade para o Trabalho

Será apresentado um projeto em curso na Vale em unidades piloto cobrindo aproximadamente 16 mil empregados. O projeto está em curso há um ano.

  • Uma nova proposta: premissas para abordagem diferenciada do absenteísmo
  • A inclusão da multidisciplinaridade e da multicausalidade, conceito e de que forma foi incluído
  • Propostas de intervenção em curso e uma análise de um ano de aplicação do projeto

Case 4 – Gestão do Absenteísmo nos Correios – a experiência prática da implantação de uma solução tecnológica para acompanhamento de afastamentos

Os Correios desenvolveram um app para controle e combate ao absenteísmo. Venha conhecer como ele funciona e os resultados que trouxe na gestão do PCMSO da empresa.

12h30 Almoço

14h Como capacitar as lideranças para se apropriarem da responsabilidade com SST.
O impacto do modelo de gestão de suas lideranças na saúde de seus colaboradores é muito mais direto do que as demais políticas de gestão humana e programas de saúde e qualidade de vida desenvolvidos pela sua empresa.

  • Responsabilidades de gestão de um líder
  • Desenvolvimento e sensibilização de lideranças: Como assegurar uma boa gestão de suas lideranças garantindo que elas atuem junto às áreas de Recursos Humanos e SST
  • Como garantir a parceria de seus líderes na gestão integrada de saúde, segurança e recursos humanos

IV – Saúde mental e risco psicossocial

14h50 Responsabilidades das empresas frente as doenças mentais e a importância da psicodinâmica do trabalho para desenvolver uma gestão mais adequada da Saúde
O processo de reconhecimento do impacto da saúde mental no trabalho: negação, aceitação, causa e efeito, elaboração e conclusão. Onde estamos e como caminhar para lidar melhor com esse fenômeno contemporâneo.

  • Como identificar e gerenciar presenteísmo nas empresas
  • Gestão e prevenção do estresse no trabalho

15h40 Coffee Break

16h10 Como desenvolver um método para avaliar o impacto do trabalho na saúde mental

Adoecimento mental é subjetividade: como é possível lidar e trazer subjetividade para a gestão da empresa, local essencialmente atrelado à racionalidade e à apuração de resultados numéricos. Como é possível avaliar fatores psicanalíticos e ergonômicos de atenção para estabelecer um plano de PCSMO adequado a realidade do trabalho em sua empresa

  • As condições básicas que caracterizam uma saudável e a relação trabalho e saúde mental
  • Um método para avaliar o impacto do trabalho na Saúde Mental
  • A partir de onde identificamos e controlamos os fatores indutores de adoecimento mental.

V –  PLANOS DE SAÚDE

17h Alternativas possíveis de redução de despesas com planos de saúde e a importância de ações efetivas por parte do RH.

Uma palestra sobre redução de custos, de despesas, de controle da sinistralidade (utilização do plano), do consumo consciente e da apropriação do conhecimento em saúde pelo RH.

  • A busca de soluções de forma coletiva e colaborativa, através do entendimento da Visão Sistêmica do Plano de Saúde.
  • Estimular a identificação de onde encontrar oportunidades de inovação e com potencial de negociação
  • As oportunidades que o mercado desenha para o negócio.

17h50 Palavras de encerramento do presidente do evento

18h Encerramento do congresso